Página inicial

“Quatro paredes caiadas,

Um cheirinho à alecrim,

Um cacho de uvas doiradas

Duas rosas num jardim,

Um São José de azulejo,

Mais o sol da primavera

Uma promessa de beijos,

Dois braços à minha espera.
É uma casa portuguesa, com certeza! ,

É, com certeza, uma casa portuguesa!”
(Amália Rodrigues)

Mar Portuguez – Fernando Pessoa

“O’ mar salgado, quanto do teu sal são lagrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram, quantos filhos em vão resaram!
Quantas noivas ficaram por casar para que fosses nosso, ó mar!”
(Mar Portuguez – Fernando Pessoa)

Vantagens em se ter a Cidadania Portuguesa …

Portugal é um dos países mais antigos do mundo e, desde 1986, pertence à União Europeia. Ser um cidadão português é ser um cidadão comunitário e assim, por consequência, um cidadão do Mundo, com total liberdade de ir e vir e de se estabelecer com maior facilidade nos 28 países do bloco e em diversos países ao redor do Mundo.

Hoje em dia, Portugal é um país moderno mas com uma população envelhecida, o que gera grandes oportunidades para as novas gerações. Isso explica porque descendentes de portugueses de todos os cantos do Mundo mantem relações pessoais e/ou profissionais com Portugal e buscam adquirir a nacionalidade portuguesa. Veja mais no link “Quem tem direito ?”

Quem tem direito…

Filhos, netos, bisnetos, trinetos e cônjuges tem direito à cidadania portuguesa. Se você é filho de português, seu caso é, a princípio, simples, pois você tem esse direito através de um processo de atribuição. Seu pai pode ser vivo ou já falecido. Basta você já ter em mãos ou obter toda a documentação, principalmente a certidão de nascimento portuguesa dele.

Você tem direito à cidadania portuguesa, se o teu pai for um português nato, ou mesmo tendo ele conseguido a cidadania portuguesa por atribuição através do pai dele (seu avô). Você só não terá este direito caso teu pai só tenha sido reconhecido como filho do português quando já era maior de idade.

Caso, na sua certidão de nascimento brasileira, o declarante for o cidadão português, isso facilitará o processo, pois deixa claro que o mesmo te reconheceu como filho, desde sempre. Porém, se um de seus pais é brasileiro e não foi o declarante, você precisa comprovar para Portugal o casamento dos seus pais, através do processo de transcrição de casamento.

Contato